11 maio 2009

A volta dos vivos-mortos

Algumas pessoas têm perguntado sobre minha ausência nos últimos meses, depois dos primeiros posts de um ano que parecia promissor — ao menos em termos de assiduidade neste espaço. Bemm, dramas pessoais à parte, estou tentando retomar, aos poucos, minha produtividade analítica. Para impressões mais imediatas e fugidias, comunico que estou finalmente utilizando o Twitter, com comentários rápidos e pequenas frases de efeito efêmero.

No mais, confesso uma certa impaciência em ir fundo em certas questões. De toda forma, a necessidade expressiva está voltando forte, o que pode influenciar positivamente nas próximas semanas. No mais, estou viajando pra Miami por conta do convite ao meu último curta para a mostra competitiva do 13th Brazilian Film Festival. O Zoom da TV Cultura me convidou para fazer uma vídeo crônica, minha primeira, espero, de muitas. Quem sabe não tomo gosto pela coisa?

De fato, apesar das frustrações iniciais, este parece mesmo ser um ano de primeiras vezes. Além da vídeo crônica, fui convidado para dirigir um espetáculo teatral e estou escrevendo um primeiro documento de game design (que serve de roteiro para um jogo). Também devo realizar meu primeiro trabalho como ilustrador de livro, a convite do Silvio Meira, autor do projeto. Nesse contexto, minhas férias tão esperadas após 15 anos foram novamente para o limbo da espera. Tudo bem, nunca fui de reclamar de trabalho mesmo...

No mais, para os que desejam textos um pouco mais complexos, publiquei no início do ano um artigo para um portal de música daqui do Recife, fazendo relações afetivas entre música e cinema.

E por enquanto é isto. Espero que esses processos todos rendam pensamentos instigantes e que um novo post surja dentro em breve.

Obrigado a todos e vamos nos falando.

2 Comments:

Blogger Beth Almeida said...

"ahham, ele conseguiu fazer uma micro postagem... peraí o que é isso? um link, ahh escreveu um artigo... enorme!"

Brincadeiras a parte...

Eu fico feliz por você ter tantos novos projetos, espero que um dia suas férias saiam do papel, mas só se pode trabalhar neste ritmo enquanto se é jovem (né, velhinho?), então vá em frente que o mundo é seu!

Sobre o artigo: !!!! (preciso dizer algo mais?)

5:24 AM  
Blogger dandara. said...

e quem precisa de férias? cuidado pra não virar zumbi. you can work it out! ;)

12:43 AM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
Leitor Ótico by http://leitor-otico.blogspot.com is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.